Portal de Eventos do IFRS, 1º Seminário Diversidades - Saindo das Caixas - NEPEGS/IFRS-POA

Tamanho da fonte: 
(In)visibilidade LGBT: práticas e desafios na EJA
Marina Vasconcelos Pinheiro

Última alteração: 23-10-2017

Resumo


Marina Vasconcelos Pinheiro, Ana Cláudia Ferreira Godinho (orientadora)

Afiliação: Universidade Federal do Rio Grande do Sul

marinavasconcelosp@gmail.com, anaclaudia.godinho@gmail.com

O presente trabalho busca apontar a necessidade de discutir gênero e sexualidade em sala de aula. Partindo de dados que mostram como o preconceito e o conservadorismo afetam às pessoas que se posicionam para além da “norma” no Brasil, serão trazidas referências que questionam o padrão heterossexual cisgênero como o único padrão aceitável. Partindo da breve introdução que expõe minha visão sobre esta temática, relatarei três experiências didáticas em uma turma de Jovens e Adultos durante a semana de prática e o estágio final do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). As atividades que propusemos - pois se trata de uma docência compartilhada - eram voltadas para uma T3 - totalidade 3 na EJA - de uma escola municipal de Porto Alegre. A turma citada era composta majoritariamente por senhoras de 65 à 85 anos, em sua maioria aposentadas, autônomas ou empregadas domésticas.

Palavras-chave: Gênero; Sexualidade; Educação de Jovens e Adultos.



Palavras-chave


Gênero; Sexualidade; Educação de Jovens e Adultos.