Portal de Eventos do IFRS, SICIT (2017)

Tamanho da fonte: 
Identidades sociais entre os estudantes do ensino médio do campus Bento Gonçalves do IFRS: gênero, religiosidade e participação política
Aline Mara Agostini Richetti, Janine Bendorovicz Trevisan

Última alteração: 30-10-2017

Resumo


A pesquisa busca compreender como estudantes do ensino médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Bento Gonçalves, percebem e constroem as suas identidades sociais e percepções sobre o mundo social. São analisadas as concepções desses com relação a assuntos associados a gênero, religiosidade, mídia e participação política, objetivando mapear o perfil dos alunos. Atualmente, estudantes de ensino médio da sociedade brasileira estão em contato com um contexto de crescente acesso à informação. Além de influências familiares, religiosas e de amigos, os jovens recebem também estímulos de mídia e de movimentos políticos e sociais diversos. Sendo assim, entender de que forma os jovens estão recebendo, assimilando e ressignificando tantas influências é um fator a ser considerado, e faz parte da presente pesquisa. Identificar o perfil dos estudantes permite contribuir para o aprimoramento de estudos acadêmicos sobre juventude, formação e reconfiguração de identidade social, especialmente no que se refere às questões de gênero, religiosidade e participação política. O objetivo geral consiste em compreender como os jovens, no espaço escolar, percebem e constroem suas identidades sociais e percepções sobre o mundo social a sua volta. Os objetivos específicos são: investigar os aspectos de gênero e sexualidade na identidade social dos jovens; mapear as percepções e influências religiosas dos estudantes; identificar as concepções e formas de participação política entre os jovens; analisar o processo político que resultou na abertura de processo de impeachment de Dilma Rousseff e o modo como esse processo é percebido pelos jovens; investigar as percepções e comportamentos dos estudantes com relação aos eventos relacionados à mídia na sociedade brasileira atual e mapear o perfil dos estudantes de ensino médio do Campus Bento Gonçalves do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul no que se refere às questões de gênero, religiosidade e envolvimento político e comunicacional A metodologia utilizada pela pesquisa conta tanto com métodos quantitativos e qualitativos. A primeira fase realizada foi a quantitativa, e nesse caso, fundamenta-se no preenchimento de um questionário por 186 alunos da instituição. Já a etapa qualitativa é constituída pela realização de entrevistas com uma amostra de estudantes, na intenção de obter um aprofundamento das informações coletadas no período anterior. Até o momento foram realizadas seis entrevistas gravadas. É possível identificar as seguintes informações como resultados parciais: no quesito de participação política, o fato de existir um contraste envolvido entre o desejo de votar e a ação propriamente dita; no aspecto sobre envolvimento comunicacional pode ser observado de que as redes sociais apresentam um papel importante como meio que disponibiliza o acesso a informações por parte dos jovens e considerando o tópico religiosidade, foi possível observar que a identidade religiosa dos alunos está ligada com a religiosidade de suas famílias, embora em algumas vezes ocorra um rompimento.


Palavras-chave


Identidade social; Juventude; Gênero; Religiosidade, Participação política

Texto completo: PDF