Portal de Eventos do IFRS, SICIT (2016)

Tamanho da fonte: 
A subordinação feminina [?] e a educação na construção social
Paula Gheller, Edson Carpes Camargo

Última alteração: 02-08-2017

Resumo


Esse artigo tem como objetivo analisar as concepções de gênero presentes na literatura, buscando identificar suas concepções de masculino e de feminino. Durante muito tempo a educação formal foi privilégio do sexo masculino e as mulheres geralmente estavam diretamente relacionadas com os afazeres domésticos, o cuidado com o lar e com o outro. Contudo, o mercado de trabalho se abriu ao mundo feminino possibilitando a participação das mulheres no espaço público. Diante disso, as questões de gênero emergem como debate central na sociedade num enfrentamento ao patriarcado. Levando isso em consideração, esta pesquisa busca trazer à tona as concepções de gênero, refletindo sobre as práticas educativas e os discursos que nos constituem homens e mulheres. Então, torna-se possível um outro olhar sobre o processo educativo e sobre os sujeitos da educação, aprimorando a prática educativa e desmistificando os conceitos pré-estabelecidos.

Palavras-chave


Gênero; Feminismo; Grupos de Discussão; Patriarcado.

Texto completo: PDF