Portal de Eventos do IFRS, SICIT (2016)

Tamanho da fonte: 
Culturas de cobertura de verão antecedendo o plantio direto do tabaco
Felipe Tascheto Bolzan, Camila Bisognin Meneghetti, Carlos Arnoldo Streck

Última alteração: 31-07-2017

Resumo


A cultura do tabaco é importante na composição da renda dos agricultores familiares, se caracterizando pelo uso intenso dos recursos naturais nas propriedades. A utilização de plantas de verão como cobertura do solo, exerce importante função de manter o solo coberto reduzindo os efeitos da erosão hídrica e melhorando as condições físicas, químicas e biológicas do solo. Com o intuito de avaliar diferentes culturas de verão em sistema de plantio direto do tabaco foi implantado este experimento, no município de Jaguari/RS. Os tratamentos foram constituídos por diferentes culturas de cobertura: crotalária juncea (Crotalaria juncea); feijão de porco (Canavalia ensiformis); mucuna preta (Mucuna aterrima); guandu anão (Cajanus cajan). Ao término da colheita do tabaco o solo foi preparado para a implantação das culturas de verão. Realizou-se o preparo dos camalhões com o uso de arado aleirador de aivecas. A semeadura das culturas de cobertura foi realizada a lanço, seguindo as recomendações técnicas de densidade. A mucuna preta, feijão de porco e a crotalária juncea possuíram maior velocidade de recobrimento do solo. A maior produção de massa seca foi da crotalária juncea, feijão de porco e mucuna preta respectivamente, diferindo significativamente entre si.

Palavras-chave


Adubos verdes; Conservação do solo; Erosão hídrica; Velocidade de cobertura do solo.

Texto completo: PDF