Portal de Eventos do IFRS, Mostra Técnico-Científica 2018 - Campus Bento Gonçalves

Tamanho da fonte: 
Ações de Inclusão para Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas desenvolvidas pelo NAPNE
Dhesse Cavalheiro da Silveira

Última alteração: 04-02-2019

Resumo


Observa-se que a falta de programas/projetos que trabalhem com uma realidadeextremamente presente no nosso cotidiano que é o fato de que muitos indivíduos nãopossuem a oportunidade de usufruir do sistema sensorial em toda sua complexidade, ouseja, visão, audição e o tato que são sentidos que nos ajudam a compreender o mundo anossa volta, ao mesmo tempo que nos ajudam a dar significado a objetos, conceitos eideias. Estamos tão habituados a tais sentidos que acabamos desconsiderando, a falta delesem outro indivíduo, desta forma, o NAPNE (Núcleo de Assistência a Pessoas comNecessidades Específicas) objetivou criar novas formas de auxílio a alunos e servidores docampus Bento, assim como a pessoas da comunidade externa que possuem tais limitações,a adquirir mais conhecimentos, experiências e facilidade no uso de tecnologias que lhesproporcionem autonomia em tarefas cotidianas, na escolarização e também para o mundodo trabalho, através de minicursos e atendimentos complementares de informática com usode leitores e ampliadores de tela, língua portuguesa e matemática, adaptações de materiaisdidáticos para uso em aulas, uso de tecnologias assistivas, auxílio em aspectos da vidadiária e artes. Durante o período de aulas do Campus Bento, bolsistas do projeto auxiliamalunos com monitorias em sala de aula, assim como em salas de apoio localizadas noNAPNE, para servidores e comunidade externa são realizados mini cursos, treinamentos epalestras, muitas vezes com apoio do CTA (Centro Tecnológico de Acessibilidade do IFRS)e também são realizadas visitas às instalações do núcleo que contêm banheiro e cozinhaadaptados. Tais ações são realizadas com o intuito de suprir as limitações que osportadores de NEE (Necessidades educacionais específicas) possuem, podendo assimmelhorar e ampliar sua compreensão e a participação no mundo que os cerca e tambémconscientizar a comunidade de que ações desse tipo não devem ser tomadas somentequando alguém em específico necessita, mas sim, ser rotineiro e não exclusivo. O trabalho aser exposto pelos bolsistas abordará exatamente essas ações desenvolvidas, bem comolevará ao conhecimento de diversos materiais desenvolvidos pelos mesmos e de tecnologiasassistivas comuns a todo público proporcionando uma maior interação da comunidade comos métodos utilizados para o desenvolvimento de conhecimento dos alunos atendidos peloNAPNE. Percebe-se que por meio de tais conhecimentos/treinamentos, as pessoas comalgum tipo de deficiência ou limitação conseguem se preparar melhor para a vida eprincipalmente, para futuras oportunidades de trabalho, exercendo suas funções laboraiscom mais segurança e tranquilidade, participando assim ativamente da sociedade, buscandoseu espaço, bem como conhecendo e se beneficiando dos direitos garantidos a toda apopulação.

Texto completo: PDF