Portal de Eventos do IFRS, 5º Seminário de Educação Profissional e Tecnológica (SEMEPT)

Tamanho da fonte: 
Projeto Luz, Câmera… EducAÇÃO a Distância!
Matheus Mathyas Hofman, Fernando de Oliveira Leão, Adriana Ferreira Boeira

Última alteração: 11-01-2019

Resumo


O Modular Object Oriented Distance LEarning (Moodle) é o Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem (AVEA) oficial do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS). Assim, deve ser utilizado por professores e estudantes nos componentes curriculares ofertados na modalidade semipresencial, composto de momentos presenciais e a distância, dos cursos técnicos, de graduação e de pós-graduação. Ainda, esse AVEA pode ser utilizado por professores e estudantes dos componentes curriculares presenciais, como complemento às aulas presenciais, durante ou extraclasse. Dessa forma, o Projeto Luz, Câmera, EducAÇÃO a Distância iniciou em abril de 2018 com o objetivo de apoiar a comunidade do IFRS, Campus Vacaria, no uso do Moodle como suporte às atividades de ensino (presenciais e a distância) explorando as suas potencialidades e assessorar os professores para a produção de videoaulas; participam como bolsistas, dois estudantes do Curso Técnico Integrado em Multimídia. Apesar do pouco tempo, o projeto tem algumas conquistas importantes: os bolsistas concluíram cursos sobre a Educação a Distância (EaD) e produção de videoaulas; disponibiliza atendimento aos servidores e estudantes do campus, quatro vezes na semana, para esclarecimentos de dúvidas relacionadas ao Moodle; oferece aos professores a oportunidade para a gravação e edição de videoaulas. Para isso, os professores enviam e-mail ao Núcleo de Educação a Distância (NEAD - nead.vacaria@vacaria.ifrs.edu.br) com suas solicitações, preenchendo formulário, informando os dados do curso, do componente curricular e da videoaula; possui um canal no YouTube, criado recentemente, com vários inscritos, onde estão publicados os vídeos produzidos. Ainda, o projeto superou as dificuldades iniciais de não ter um espaço e equipamentos adequados para realização das suas ações. Hoje os bolsistas do projeto contam com um computador com programas de edição de vídeo e áudio para uso exclusivo do projeto e desenvolvem suas atividades na sala 105, que está sendo preparada para ser usada também como estúdio de gravação das videoaulas. Porém, outros desafios precisam ser superados, pois apesar de terem sido expostos cartazes nos murais do campus e enviados e-mails pelo NEAD aos servidores e estudantes divulgando o projeto, não há registro de solicitações de videoaulas por professores não vinculados diretamente ao projeto e ainda não foi solicitado auxílio sobre o Moodle pela comunidade interna. Nesse sentido, os integrantes do projeto, comprometidos com o seu objetivo, permanecem a disposição da comunidade do IFRS para atender as dúvidas sobre o Moodle e para auxiliar os professores na pré-produção, gravação e edição das videoaulas.

Palavras-chave


EAD, videoaula, Moodle

Texto completo: PDF