Portal de Eventos do IFRS, 19ª Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão IFRS Campus Porto Alegre

Tamanho da fonte: 
A origem de um brinde: uma análise realizada sobre o comportamento de consumo de espumantes no Brasil
Pablo de Almeida Coutinho, Rafaela Moraes Cardoso, Estela Maris dos Santos Arruda, Tamires Borges Peres, Priscila Silva Esteves, Luiza Venzke Bortoli Foschiera, Cristiane Silva Esteves

Última alteração: 24-09-2018

Resumo


A produção mundial de uvas e vinhos tem sofrido importantes transformações nas últimas décadas, em uma constante procura por especialização nos processos de cultivo de uvas e na produção de vinhos, com o intuito de fornecer produtos de melhor qualidade, que satisfaça cada vez mais a demanda dos consumidores. Nos últimos 10 anos, a comercialização de espumantes finos tem aumentado significativamente no Brasil, demonstrando a relevância deste produto para a economia nacional. Além disso, o terroir de algumas regiões brasileiras favorece a produção de espumantes de qualidade, por estas razões, torna-se importante ao desenvolvimento desse mercado compreender o comportamento do consumidor destes produtos no país. Tendo em vista as mudanças de consumo, torna-se necessário que a captação e fidelização desses clientes sejam feitas através de abordagens de Marketing baseadas em informações mais exatas a respeito deste tipo de perfil. Com isso, torna-se possível adequar os produtos, o contato por parte das empresas do ramo e as abordagens necessárias, para atender da forma mais completa às expectativas dos clientes. Ainda são poucas as pesquisas empíricas que estudam o consumidor de espumantes no Brasil, geralmente estão focadas em países que possuem uma tradição mais expressiva no que se trata de história e proporção de produção. Quando a abordagem tem o foco no mercado de espumantes, esses estudos científicos tornam-se ainda mais escassos, porém, este é um mercado que está crescendo bastante nos últimos anos, somado a uma melhora na imagem do espumante brasileiro em outros países do mundo, desta forma, é necessário realizar estudos mais aprofundados. Desta forma, o principal objetivo desta pesquisa é compreender como funciona o consumo de espumantes pela população brasileira. Este estudo foi realizado através de uma abordagem qualitativa, com aplicação de 17 entrevistas em profundidade com consumidores de espumantes brasileiros de diversas faixas etárias e rendas, numa parceria interinstitucional de pesquisadores do IFRS e da UFRGS. Dentre os fatores que interferem na escolha por espumantes e não por outro tipo de bebida, destacaram-se: o fato de ser refrescante e prazeroso e servir para diversas ocasiões. No momento da aquisição do produto, os entrevistados afirmam levar em consideração principalmente: qualidade, preço, marca e destacaram que o consumo ocorre, normalmente, em casa, festas ou ocasiões especiais. Segundo eles, o Brasil é um país muito competitivo na quantidade de espumantes produzidas e, da mesma forma, na sua qualidade. Os resultados também levam a concluir que é importante maiores investimentos que sejam direcionados ao marketing das empresas produtoras de espumantes no país. Os dados obtidos servirão de base à construção de um questionário fechado, com construtos pré-determinados, a ser aplicado a uma amostra de 500 consumidores numa etapa posterior da pesquisa, este permitirá uma generalização das informações devido sua característica metodológica.


Palavras-chave


Comportamento do consumidor, marketing, espumantes.

É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.