Portal de Eventos do IFRS, 3ª Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão do Campus Alvorada

Tamanho da fonte: 
Diálogos Afirmativos e diversidade
Andrey Osório Machado, Alexsander Lemos Ferreira

##manager.scheduler.building##: Campus Alvorada
##manager.scheduler.room##: Sala 101
Data: 16-10-2018 03:30  – 05:00
Última alteração: 11-10-2018

Resumo


Devido a onda de retrocesso e conservadorismo no Brasil e no mundo, trabalhar as temáticas de ações afirmativas se tornou uma necessidade cada vez mais pungente dentro e fora dos espaços de ensino. Dentro deste contexto, o projeto Diálogos Afirmativos e Diversidade surge com atividades, em conjunto com o Núcleo de Ações Afirmativas (NAAf) do campus Viamão, com o objetivo de mobilizar a comunidade acadêmica para garantir o desenvolvimento da Política de Ações Afirmativas do IFRS, contribuir para o desenvolvimento do respeito à diversidade e desenvolvimento humano, trazer melhorias para gestão e prestação de serviços em educação e discutir a criação de um currículo que atenda todas as especificidades e inclusão de todos os estudantes. A partir disso, os membros do projeto realizam reuniões periódicas para discutir e elaborar as atividades que serão desenvolvidas, tais como: palestras, oficinas sobre gênero e sexualidade, história afro-brasileira e indígena, pessoas com deficiência, entre outras temáticas. Também são realizados grupos de estudo sobre as temáticas. Com base nas reuniões de planejamento, os painelistas são escolhidos e é feito o contato para agendar e organizar as atividades, que são realizadas a partir de painéis com cerca de 20 minutos cada um com dois palestrantes diferentes falando da mesma temática. Após cada uma das falas se abre para perguntas e debate. Algumas das palestras realizadas são sugeridas por professores, quando identificam alguns problemas como preconceitos, ou temas sensíveis em algumas turmas que culminam em ações como a atividade realizada na semana de combate a LGBTfobia,  oferecida pelo projeto em conjunto com o NAAf do Campus Viamão. Na ocasião, o projeto articulou uma palestra com duas mulheres transexuais que contaram um pouco de suas vivências, preconceitos enfrentados e perspectivas. Outro exemplo foi a palestra “Quando a pauta é silenciada: uma conversa sobre a violência sexual contra crianças na mídia”. Alguns dos resultados obtidos pelo projeto e pelo NAAf podem ser identificados através da participação dos alunos, servidores e comunidade externa nas atividades. Há sempre participação do público nos debates, participações estas que ajudam a construir um diálogo mais amplo que pode até mesmo desconstruir alguns preconceitos. A avaliação realizada após os eventos mostra que existe uma continuidade das discussões sobre o tema em sala de aula e fora dela, além de uma construção e desconstrução de conceitos previamente estabelecidos, como pode se perceber nas atividades envolvendo as temáticas de gênero.



Palavras-chave


Ações Afirmativas; diálogo; diversidade