Portal de Eventos do IFRS, II Mostra de Ensino,Pesquisa e Extensão de Veranópolis (II MEPE)

Tamanho da fonte: 
Empresas familiares do setor industrial: um levantamento com empresas gaúchas de Cotiporã, Fagundes Varela, Nova Prata, Veranópolis e Vila Flores
Marcelo Gabrielli, Gabriela Mara Pedrotti, Leandro Käfer Rosa, Karoline Cristina Milioni, Daniele dos Santos Fontoura

Última alteração: 10-10-2018

Resumo


As empresas familiares são representativas no desenvolvimento econômico e social de uma região por meio da geração de produtos, serviços, renda e emprego. A micro região formada pelos municípios gaúchos de Cotiporã, Fagundes Varela, Nova Prata, Veranópolis e Vila Flores é caracterizada pela forte influência da imigração italiana cujos descendentes mantém os valores e práticas empresariais dos seus antepassados como o espírito empreendedor e a preferência por trabalhar em família. Assim, o presente trabalho teve como objetivo realizar um levantamento com empresas familiares da indústria de transformação situadas nos cinco municípios com vistas a analisar o cenário empresarial local. O recorte utilizado considerou apenas as pequenas, médias e grandes empresas com mais de 10 anos de atuação. Cabe salientar que este estudo constitui-se como uma das etapas de um projeto de pesquisa mais amplo intitulado Empreendedorismo Sênior e Sucessão do Negócio Familiar. O vigente estudo partiu, inicialmente, da realização de entrevistas semiestruturadas com secretários municipais da Fazenda ou da Indústria nas cinco cidades e de duas entrevistas com associações empresariais. Em seguida, procedeu-se com a análise dos cadastros empresariais públicos fornecidos por estas instituições. A partir dos dados secundários obtidos foi possível filtrar as empresas por área de atuação na indústria de transformação, porte, município e tempo de atuação. Para o perfil considerado foram encontradas, então, 96 organizações. Após contato telefônico com cada uma delas foi possível constatar que 63 apresentam características de empresas familiares, 15 não se enquadram como negócio familiar e 18 não responderam. A divisão de empresas familiares por municípios revelou que Veranópolis conta com metade das organizações pesquisadas (33), seguida por Nova Prata (14), Cotiporã (8); Fagundes Varela e Vila Flores têm, cada um, 4 empresas familiares no perfil pesquisado. Analisando-se o porte das empresas, das 63 empresas 20 são enquadradas como médias ou grandes, sendo que seis destas estão localizadas em Veranópolis e seis em Nova Prata. Verificou-se, assim, que predominam as empresas de pequeno porte no grupo pesquisado (43). Quanto ao tempo de fundação, variam de 10 a 63 anos, sendo que metade delas tem até 35 anos de atividade. Relativo à área da atividade principal, predominam a fabricação de produtos de metal (10), fabricação de produtos alimentícios (9) e confecção de artigos de vestuário e acessórios (8). A partir desta aproximação do perfil empresarial local pretende-se contribuir, via ações de ensino, pesquisa e extensão, para o crescimento, manutenção e sustentabilidade das organizações.