Portal de Eventos do IFRS, I Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão do Campus Avançado Veranópolis - I MEPE

Tamanho da fonte: 
Projeto Compaixão: vivências de ética, voluntariado e solidariedade
Giovana de Lucca, Sandra Maria de Brum Palmeiras

Última alteração: 12-11-2017

Resumo


Em tempos permeados pelo individualismo e consumismo, no qual quase desacreditamos do próximo e até de nós mesmos, como resgatar os valores humanos, a ética e o sentimento de coletividade? De que forma o meio acadêmico e escolar, tendo como papel principal a formação integral do sujeito, poderia contribuir para essa práxis? Foi pensando nessas questões, e visando oportunizar aos estudantes uma metodologia que auxilie a desenvolver a parte prática do ensino e aprendizado da Ética, que surgiu, em 2016, o Projeto COMpaixão no IFRS – Campus Bento Gonçalves. Nesse sentido, o projeto busca incentivar os discentes e servidores a vivenciarem o trabalho voluntário. Além disso, almeja proporcionar ao estudante uma formação integral, voltada não apenas para a parte técnica e profissional, mas também para a formação humana e cidadã, pautada na reflexão teórica e na práxis da ética e dos valores humanos. Quanto à metodologia, primeiramente foi necessário divulgar o projeto através das redes sociais e nas salas de aula, explicando no que consiste o trabalho voluntário, de forma a cadastrar os interessados. Após isso, o grupo conheceu algumas entidades do município para, então, poder planejar e executar as ações voluntárias, procurando atender as demandas das entidades vinculadas à ONG Parceiros Voluntários. Entre as ações já desenvolvidas, destacam-se: oficinas de sensibilização sobre voluntariado; oficinas de sachês aromáticos para entrega em comemoração ao Dia das Mães; baile, bingo e apresentação de danças gaúchas no Lar do Ancião; arrecadação de livros através do Trote Solidário e doação para escola municipal da cidade; coleta de notas fiscais; campanha de doação de material escolar e presentes de Natal para crianças carentes de escola pública da cidade; entrega de alimentos não perecíveis, material de higiene e limpeza para entidades como Associação dos Surdos e Associação dos Deficientes Visuais; arrecadação de roupas e calçados para brechó beneficente da Associação dos Downs; visita às crianças internadas no hospital da cidade; evento de adoção de animais de rua, arrecadação de ração e tampinhas para reciclagem. Desse modo, percebeu-se significativa sensibilização e envolvimento dos estudantes nessas ações, as quais estimulam a reflexão e a práxis de alguns valores humanos, como a solidariedade, a cooperação, a empatia, a compaixão etc. Além disso, através dos relatos orais das pessoas atendidas pelo projeto, torna-se visível a satisfação e bem-estar social proporcionado pelas ações desenvolvidas, bem como o fortalecimento dos vínculos e o sentimento de pertencimento comunitário dos indivíduos.